sábado, 24 de setembro de 2011

Sobre as folhas do Outono...



Antes de dormir a menina ficou ali deitada na cama sob o lençol de florzinhas miúdas.
Fechou os olhos e viu uma casa pequenininha com uma vela dentro... luz!
Quando abriu os olhos, folhas secas com cores do Outono caiam em sua cama.
Arregalou os olhos!
Que encanto! As folhas brilhavam docemente e cintilavam tudo em volta como num gesto de prece.
A menina sorria. Enguia os braços tentando pegar as folhas, mas não eram palpáveis... sumiam.
Ficou a brincar de dançar, assoprava as folhas com felicidade tão pura, doce e inocente.
Ela podia até ouvir as gargalhadas de seu coração.
Eram tantas folhas brilhantes caindo que a menina até conseguia ver sua alma refletindo paz.
Naquele momento a menina estancava qualquer dor que pudesse existi dentro de si.
Ela sorria para as coisas simples da vida e ao agir assim, ampliava sua esperança.
Por esse motivo, jamais deixou de cultivar o riso.
Um riso que resiste a qualquer fereza.
Um riso à vida.


(Por, Rô).

4 comentários:

  1. Cultivemos o riso, então!!

    Beijocas, Rô =*

    ResponderExcluir
  2. Oi,amiguinha(achei legal seu blog),visite/siga o Blog do XANDRO
    (meu blog para retribuir o carinho)vc vai gostar!;)

    http://blogdoxandro.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Plante aqui sua sementinha de Girassol...