domingo, 15 de novembro de 2009

O que nos une...


Hoje à noite quando você me ligou, olhei na janela, vi que lá fora chove... Ouvimos juntos o barulho da chuva e o som do vento que tocava no sino mágico. A melhor maneira de está com você é fechar os olhos e ir ao teu encontro. Você aí, eu aqui. O mesmo céu... O mesmo luar. Ouvi sua voz calma ecoando em minha mente, paz. Eu te quero e por isso eu espero... Espero com zelo e paixão como um Girassol espera a vinda do Sol. Você é o sopro que eu precisava... É o sopro que preciso para percebe todos os dias que a vida tem cheiro.... Cheiro de paz, cheiro de afeto carregado de desejo de um dia estarmos juntos. Eu te quero com todas as palavras, gestos, vontades e saudades. Quanta magia ao som do barulho de chuva... Você presente em mim ao mesmo tempo, uma ausência sentida... Com os pingos de chuva desenhei eu e você em um céu estrelado... O mesmo céu que tantas vezes vimos juntos! Quanta magia existe nesses pingos de chuva... Pingos de espera, de saudade, de desejo, de um querer... Se tiver um momento que mais quero você... É quando penso em ti. Então, quero você a toda hora.

(Por, Rô)

2 comentários:

  1. Quanta doçura, quando amor.
    Sorri docemente ao ler seu texto!

    ResponderExcluir
  2. Q bonito... Q belo... Grande poder de descrição!!!

    ResponderExcluir

Plante aqui sua sementinha de Girassol...