terça-feira, 22 de janeiro de 2013

"Amor é jardim..."



O amor é uma dança
Carece de um par.
Há que ter riso
Há que ter ritmo.
Sutileza
Gentileza [só pra rimar].
Tem que ser confortável.
É se senti livre nos
 Braços de outrem.
É chegar um pro outro
em passos delicados.
Sem pressa.
É se encantar
Pelo outro

É florir por dentro
É entrega-se como poucos.

# Rô Barbosa.
                                                                                                                                 Título: Caio F Abreu.
 

6 comentários:

  1. Oi, Rô!

    Poxa, muito obrigada pelo comentário, fico muito feliz em saber que algo que escrevi provocou uma sensação boa!

    Sua escrita é muito agradável de ser lida, a leitura flui tranquilamente. E suas palavras são muito realistas. Com esse poema eu me identifiquei bastante (escrevi essa semana sobre "encontrar um par" nesse sentido!), me fez sentir leve e feliz.
    Adorei isso: " É se encantar/Pelo outro/É florir por dentro"
    Lindo!

    Beijos e obrigada pela sua presença!
    Isabela

    ResponderExcluir
  2. É isso tudo o que vc lindamente e delicadamente disse! =D

    Olha, a Ana Jácomo e você deixam tudo mais bonito! E eu não vejo a hora de ir a Brasilia. A gente faz fazer váaarios poemas de amor. E, sim, numa foto bem bonita!

    ResponderExcluir
  3. "Gentileza [só pra rimar]."

    Rô, você é doce demais! ;)

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a poesia. É uma dança sublime. Do desejo, do encontro e do prazer erótico. Bela postagem, Rô. Até...

    ResponderExcluir
  5. florir pra dentro *-*

    coisa linda!

    ResponderExcluir

Plante aqui sua sementinha de Girassol...